Pâncreas biônico ajuda a controlar açúcar no sangue de diabéticos

Os celulares agora podem ajudar pessoas que sofrem de diabetes tipo 1 e que precisam medir os seus níveis de glicose no sangue durante o dia todo.

Um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge desenvolveu um tipo de pâncreas biônico, que funciona com um sensor e um telefone celular.

O sensor, que fica instalado na barriga, manda informações sobre os níveis de glicose da pessoa para um programa mobile (e pode ser instalado no celular ou em um tablet que tenha sistema operacional Android), que tem um algoritmo preciso e calcula quanta insulina a pessoa precisa tomar.

Pâncreas biônico. Fonte: Lloyd Fox/Baltimore Sun/Getty

Vale lembrar que a diebetes tipo 1 afeta as células do pâncreas, que não conseguem mais produzir insulina. Por isso, a pessoa precisa tomar o hormônio para o resto da vida para conseguir transformar a glicose dos alimentos em energia.

Por enquanto, o dispositivo checa a insulina a cada 12 minutos e continua funcionado à noite, mas só foi testado em 33 adultos e 25 crianças por três meses.

Fonte: New Scientist

Deixe seu comentário