Neurônios fazem os papagaios serem bons imitadores

Os papagaios são mestres da imitação de sons e podem repetir centenas de sons únicos, que incluem frases, palavrões e musiquinhas populares, como atirei-o-pau-no-gato e até hinos de times de futebol.

Agora, cientistas descobriram quais neurônios estão envolvidos nesse processo e o novo achado pode ajudar a entender melhor as origens da fala em alguns tipos de pássaros.

Papagaios e até beija-flores, que cantam em diferentes dialetos, tem um chamado núcleo de canções no cérebro, que é um grupo de neurônios conectados e que sincronizam o aprendizado e o canto.

papagaio

Ao olhar mais a fundo para essa região, os pesquisadores descobriram que existem duas partes bem delimitadas, o centro e a borda (lembra o meio e a casquinha do chocolate M&M’s), que variam bastante de tamanho. Para você ter uma ideia dessas diferenças, o meio dessa região dos papagaios é igual ao núcleo de canções inteiro de outros pássaros.

Além disso, também foi descoberto que quanto melhor imitador for o papagaio, maior será a parte da “casquinha”, que pode ser uma região associada a imitações vocais mais complexas.

O pesquisador responsável pelo estudo, Erich Jarvis, ainda quer fazer mais estudos sobre o assunto para entender mais sobre como esses animais são tão bons imitadores.

Fonte: Science Magazine

Deixe seu comentário