Hormônio do gado muda comportamento sexual de peixes

peixe guppy
Pesquisadores da Universidade de Monash, na Austrália, descobriram que um hormônio de crescimento amplamente usado na indústria de criação de gado afeta o comportamento sexual de peixes, mesmo se o composto estiver em pequenas concentrações na água.

O hormônio estudado foi o esteroide 17β-trembolona, que é usado para o aumento da massa muscular de gado, além de ser um anabolizante fortíssimo usado em academias. Apenas 22 nanogramas por litro do composto alteraram o comportamento reprodutivo de peixes machos da espécie Poecilia reticulata, conhecida popularmente como barrigudinho ou guppy e nativo da América do Sul.

Os pesquisadores observaram que a trembolona influenciou na corte das fêmeas, que passaram a não escolher seus parceiros ativamente. Assim, o macho selecionava a fêmea que queria copular e completava a fecundação sem o consentimento dela.

Esta mudança comportamental pode prejudicar a espécie a longo prazo, uma vez que a seleção sexual é importantíssima para a evolução e ajuda na escolha de características importantes para a sobrevivência da espécie.

No Brasil, ainda não há pesquisas sobre o efeito do hormônio em peixes. No entanto, a trembolona é comercializada como acetato de trembolona (TBA) e é liberada pelo Ministério da Agricultura para uso restrito em pecuária, sendo proibida para uso em animais de abate.

Fonte: Eureka Alert

Deixe seu comentário