Ibuprofeno prolonga expectativa de vida de organismos

Não é mistério que o analgésico Ibuprofeno realmente cumpre sua função. É uma potente arma contra dores de todos os tipos; e isso inclui a dor de quando um dente siso incluso decide se mexer por baixo da gengiva. Sim, essa dor é especificamente horrível, do tipo que não se deseja nem ao pior inimigo. Especialmente se o tempo tiver frio.

Aí uma galera da Bioquímica lá no Texas decidiu fazer mais testes pra ver se o Ibuprofeno tem mais propriedades interessantes. Dada a natureza de ação do analgésico, alguém lançou a ideia de que talvez o remédio possa ter a chave para prolongar expectativa de vida. Pesquisar o Ibuprofeno a fundo não é ideia nova. Nossa gaveta de remédios corriqueiros contém alguns exemplares que podem prolongar a vida de uma pessoa. A popstar Aspirina possui um forte composto que previne diabetes. Não é um remédio pra diabetes, claro. Mas o composto tá lá.

E aparentemente o Ibuprofeno também figura a lista. Pelo menos em formas de vidas mais simples, como moscas de frutas e leveduras. A ação analgésica do remédio também influi no retardo do envelhecimento, podendo coibir o avanço de doenças relacionadas, como Alzheimer e Parkinson.

E no final das contas, a velhice acaba alcançando e o Ibuprofeno continua sendo um baita dum analgésico bom. Mas lembre-se: nunca tome medicamentos sem a autorização prévia do seu médico 😉

Fonte: Science Magazine

+Como o estresse entope as artérias?

Deixe seu comentário