Como fazer um pulmão artificial caseiro

Quase não há limites para o que você pode fazer em casa. Que tal um pulmão caseiro? Tá, ele não é bem um pulmão caseiro, já que você não pode trocar o seu por esse, mas ele simula bem como o nosso sistema respiratório funciona.

+ Faça um estetoscópio caseiro
+ Aprenda a ver o seu DNA em casa

 Você vai precisar de:

– Uma garrafa PET

– Bexigas

– Um cano de plástico

– Arame

– Elásticos

– Fita adesiva (de boa qualidade)

Antes de tudo, encha a bexiga, prenda com um pregador e deixe por um tempo. Assim, você vai afrouxá-las. Agora, é partir pro experimento! Você deve cortar o caninho plástico em dois pedaços: um de 10 cm e outro de 15 cm. Esses serão os nossos dutos por onde o ar vai passar. No pedaço de 10 cm, faça um furo para colocar a mangueira de 15cm. Vede tudo com cola quente (crianças, peçam ajuda a um adulto!).

O próximo passo é colocar o arame por dentro do cano e transformá-lo em um Y. Aproveite e faça um furo na tampinha da garrafa. Prenda bem uma bexiga em cada lado com os elásticos.

O nosso pulmão está quase pronto. Agora é hora de fazer a caixa toráxica: para isso, vamos usar a garrafa PET. Corte a parte de baixo da garrafa PET, de maneira que ao colocarmos o cano com as bexigas elas não fiquem pra fora. Depois, pra reforçar a parte de baixo da garrafa, que é muito mole, corte o arame e faça um círculo com ele. Depois, prenda-o na parte de baixo da garrafa com a fita adesiva.

Hora de juntar as partes: coloque o pulmão por dentro da garrafa e coloque a tampinha. Depois, é partir pra fechar a garrafa por baixo. Pra isso, você deve pegar uma bexiga (já afrouxada) e cortar a parte de baixo dela. Estique, prenda na garrafa e reforce com fita adesiva. Depois disso tudo, é hora de ver o pulmão funcionando! Puxe a bexiga que está embaixo e veja a mágica acontecer!

Quer entender o que aconteceu e como cada parte desse experimento reproduz uma parte do seu corpo? Se liga no vídeo acima!

Deixe seu comentário