Um encontro com o maior mamífero do planeta


Uma das passagens bíblicas conta a história do profeta Jonas, que teria ficado “três dias e três noites” no ventre de uma baleia. Desde então, sem falar na aventura semelhante do menino Pinóquio, encontrar-se com uma baleia não é algo muito desejado pela maioria das pessoas…

Talvez incompreendidos pelo seu tamanho assustador, os maiores mamíferos do planeta não são exatamente conhecidos como grandes predadores dos humanos – muito pelo contrário, diga-se de passagem, nós é que somos grandes inimigos da espécie com a pesca predatória e a poluição dos oceanos.

Mas até mesmo isso não impede que encontros com essas gigantes dos mares sejam amistosos e emocionantes! E nem precisa aprender a falar o idioma delas…

Aventureiros a bordo de um caiaque no Canadá, por exemplo, foram surpreendidos com a mais difamada das espécies, uma orca, a “baleia assassina”, que apesar do apelido maldoso, não é nem baleia (trata-se do membro de maior porte da família dos golfinhos), nem assassina (pelo menos não estamos em seu cardápio de calorias diárias).

Mesmo assim, dá pra sentir a tensão do encontro no vídeo:

Pouco tempo depois da publicação deste vídeo, outro flagrante rodou a internet mostrando mais um encontro inacreditável. Pai e filha estavam de caiaque pela costa da Argentina, quando avistaram na superfície da água duas baleias gigantescas se aproximando.

Apesar das baleias terem chegado mais perto do que qualquer um poderia prever, felizmente, o câmera teve sangue frio para continuar filmando e nos trazer essa bela cena:

Mas o encontro, digamos, mais “caloroso” registrado recentemente ocorreu na costa do México. Possivelmente cansada de ser explorada e ameaçada de extinção por seres humanos, esta baleia decidiu descontar com um “tapa na cara da sociedade”. Ou melhor dizendo, no caso, na cara da pobre moça que estava dando bobeira no barco…

Ai… isso deve ter doído!!

Clique aqui para ver imagens exclusivas de botos cor-de-rosa debaixo d’água!

Deixe seu comentário