7 maravilhas do mundo moderno vistas do Google Mapas


Muita gente gosta de aproveitar o começo de ano para conhecer diferentes lugares do planeta.

Mas se você estiver sem um roteiro ou quer economizar um dinheirinho, veja nosso post especial. Vamos mostrar como viajar pela internet com o Google Maps! 😉

Topa? Embarque com o Manual do Mundo!

> Coliseu (Itália): também conhecido como Anfiteatro Flaviano, em homenagem ao imperador Flavio Vespasiano, o Coliseu é um símbolo do império romano usado antigamente para espetáculos, batalhas de gladiadores ou recriação das famosas guerras da época. Hoje em dia, é um dos mais famosos pontos turísticos italianos e impressiona pela precisão arquitetônica. Foi construído em 68-79 d.C.

SITE-sete-maravilhas-coliseu

> Muralha da China (China): resultado da junção de diversas muralhas, a maioria construída com finalidade militar ao longo de aproximadamente dois milênios, a Grande Muralha, tem entre 6 e 8 m de altura e 7 e 8 m largura. De acordo com estudo recente do governo chinês, ela possui mais de 21 km de extensão – o que equivale a pouco mais de 190 campos de futebol, como o do Maracanã. Contudo, ao contrário do que muitos acreditam, ela não pode ser vista da lua.

 SITE-blog-a-muralha

> Ruínas de Petra (Jordânia): a cidade arqueológica é um Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1985. Entre as belas atrações arquitetônicas, destacam-se teatros, templos, grandes túmulos e cisternas. Petra foi parcialmente destruída por um terremoto por volta do ano de 363 d.C. e permaneceu perdida dos mapas por um longo tempo. Foi “redescoberta” pelo explorador suíço Johan Ludwig Burckhardt, em 1812, e serviu de cenário para “Indiana Jones e a Última Cruzada”.

SITE-blog-a-petra

> Machu Picchu (Peru): a “cidade perdida dos Incas” fica no topo de uma montanha da cordilheira dos Andes, com 2.400 m de altitude. A cidade pré-colombiana tem arquitetura composta por gigantescos blocos de pedras, que impressionam pelo diálogo que fazem com a beleza natural da região. O local era praticamente desconhecido até 1911, quando o professor norte-americano Hiram Bingham alcançou a cidade e espalhou sua fama. Atualmente, para preservar as ruínas da degradação, Machu Picchu tem número de visitantes controlados a cada dia.

SITE-blog-a-machu-picchu

> Taj Mahal (Índia): o mausoléu foi construído no século XVII, colado ao rio Yamuna, como homenagem de amor do imperador Shah Jahan à sua esposa favorita, que morreu após o parto do 14º filho. Milhares de homens trabalharam na construção da obra, que levou 22 anos para ser finalizada. Com abundância de mármore fino e cristais, encanta pela simetria arquitetônica e riqueza de detalhes.

SITE-blog-a-taj-mahal

> Cidade Arqueológica de Chichén Itzá (México): um dos berços da civilização maia, o sítio arqueológico abriga uma arquitetura complexa, em que se destacam a pirâmide El Castillo, o Complexo de las Monjas, o Templo de los Guerreros e o Caracol. Repleto de construções que reforçam a sabedoria do povo maia na geometria, matemática, astronomia, engenharia e artes plásticas, o local também chama atenção pelos imensos espaços livres entre as edificações, que demonstram a preocupação social em promover a reunião e a circulação de multidões.

SITE-blog-a-chichen-itza

> Cristo Redentor (Brasil): a ideia de construir um monumento religioso no alto do Corcovado surgiu do Padre Maria Boss, que fez a sugestão à Princesa Isabel, em 1859. Porém, só ganhou força no começo da década de 1920: um concurso realizado no ano de 1923 escolheu o projeto do engenheiro Heitor da Silva Costa para ocupar o local. Com desenho de Carlos Oswald e execução do escultor francês Paul Maximilian Landowski, o Cristo Redentor é feito em pedra-sabão, com estilo art déco, e possui 38 m de altura.

SITE-blog-a-cristo-redentor

Gostou do nosso passeio? 😉

Para ver outros pontos turísticos, basta visitar o Google, digitar o nome do local que quer conhecer e clicar em “Mapas”.

Em seguida, clique em “Satélite”, que estará localizado no canto superior direito da tela, e comece a aproximar o mapa.

Pronto, você verá o seu lugar escolhido e, se tiver sorte, poderá até “caminhar” pelas ruas da cidade – basta arrastar o bonequinho amarelo (que fica no painel de direcionamento, no canto superior esquerdo) para o local desejado e você terá a visão da rua!

SITE-blog-a-passo-a-passo-ok

Um abraço, Bruno. 🙂

Deixe seu comentário