Como escrever com luz (fotografia de longa exposição)

Com algumas técnicas básicas de luz e fotografia, é possível escrever usando uma lanterna ou um isqueiro! Confira abaixo esta dica de fotografia imperdível!

Nesta técnica, conhecida como fotografia de longa exposição ou “light painting”, é necessário um lugar escuro e um bom apoio para a câmera.

Se você estiver usando uma máquina fotográfica com controles manuais, configure a câmera com ISO 100, velocidade 30 segundos (30’’) e abertura F11. É claro que, depois de conferir o resultado das primeiras fotos, você poderá mudar essa configuração para conseguir efeitos melhores.

Caso esteja usando uma câmera automática, a melhor configuração é “fogos de artifício” ou “fireworks”.

Após fazer esses ajustes, configure a câmera para operar no modo “self-timer”, ou seja, daquele jeito em que você aperta o botão e ela tira a foto um pouco depois, dando tempo de você aparecer na foto.

Dispare a câmera e, com a ajuda de algum objeto luminoso (lanterna, celular, vela etc.) faça movimentos na frente da câmera.

Quando você vir a imagem, perceberá que a luz “rabiscou” a fotografia. Isso acontece porque, com essas configurações de câmera, a máquina fotográfica se mantém aberta por um bom tempo captando a luz que está na frente dela. Por isso, tudo o que se mexer aparecerá borrado.

A mesma técnica pode ser usada para tirar fotografias noturnas, na rua. Dessa forma, as luzes dos carros que passam irão “rabiscar” a foto.

Algumas dicas sobre fotografia de longa exposição:

  1. Em vez de rabiscar com uma luz em frente à câmera, você pode mexer a câmera mirando para uma luz fixa (a Lua, por exemplo), e conseguir imagens interessantes. Nesse caso, porém, todos os elementos da foto sairão borrados.
  2. Mesmo as câmeras mais simples costumam ter opções manuais para regular a abertura e a velocidade. Dê uma boa fuçada na sua para verificar se você tem esses controles.
  3. Em vez de mirar a luz direto para a câmera, você também pode iluminar partes da foto que você gostaria que ficassem mais claras.
Deixe seu comentário