Essa experiência não foi a gente que inventou, mas resolvemos fazer a nossa versão! O lápis que canta consegue “ler” as notas musicais através das resistências elétricas de cada material.

Apesar de não ser tão simples de fazê-lo, o resultado é incrível. Você vai ter um instrumento musical diferente de qualquer outro.


+ O que tem dentro de um coração

  • Alexandre Pereira

    Oi, Iberê. Tenho uma dúvida complexa. Quem puder me ajudar, agradeço.

    Montei o circuito mas não acoplei a placa no lápis. Fiz uma caixinha saindo os dois fios que fazem o contato. Em um dos fios eu acoplei o lápis e no outro um jacaré. O projeto é para ser usado por crianças especiais e não quero que o circuito fique à mostra para não dar medo de choque. A ideia é desenhar uma letra no papel com grafite, prender o jacaré numa ponta e a criança vai fazendo o caminho com o lápis. Mas quando eu liguei as pilhas o som não saiu contínuo igual ao vídeo. Sai um som grave e vai ficando agudo até sumir. Tentei usar uma fonte em vez de pilhas. Comprei uma fonte universal, daquelas que vão de 1,5V a 12V. Na caixa dessa fonte é informado que a corrente pode ser de até 1000mA. Mas quando eu uso essa fonte, o som não sai agudo igual às pilhas. Ficha um chiado feio. Será que essa diferença de som tem relação com a corrente? Li que a corrente das pilhas muda de acordo com o tamanho delas e que as pilhas AA têm corrente de 2700mA. Nesse caso, estou supondo que a corrente da fonte está baixa. Eu teria que conseguir uma fonte de 3V e 2.7A? Seria essa a solução? Abraços.

  • Israel Silva

    Iberê, onde liga a pilha e o Alto Falante ?
    Se colocar o esquema facilita muito

  • Gil Bruno

    Kd o esquema?????

  • Wagner Poltronieri

    manda o esquema eletrico desse troço ai rs waguinhoestudio@hotmail.com