Baleia ancestral é encontrada com última refeição na barriga

As baleias que têm focinhos mais finos e parecidos com golfinhos normalmente mergulham centenas de metros ou mais para perseguir lulas, peixes e outras presas. Mas pelo menos uma espécie ancestral deste grupo de baleias com dentes, que pertencem à família Ziphiidae, estava nadando e caçando em águas mais rasas.

Cientistas encontraram o primeiro fóssil de uma baleia desta família que tinha muitos restos de sardinha, um peixe que nada em águas rasas, preservados no corpo. Como as escamas não estavam digeridas, provavelmente a baleia morreu logo depois de ter feito a refeição.

Baleia ancestral. que se parece bastante com um golfinho dos dias de hoje. Ilustração de A. Gennari.
Baleia ancestral. que se parece bastante com um golfinho dos dias de hoje. Ilustração de A. Gennari.

As rochas que tinham os restos da baleia Messapicetus gregarius estavam no fundo do mar e se formaram entre 8,9 milhões e 9,9 milhões de anos atrás.

O estudo ajudará os pesquisadores a entenderem melhor como aconteceu a evolução das baleias mais bicudas e como elas passaram a caçar em águas profundas.

Fonte: Science Magazine

Deixe seu comentário