Água-viva volta a nadar depois de perder parte do corpo

Quando lesionadas, as medusas-da-lua têm uma estratégia bem diferente das estrelas-do-mar: em vez de fazerem crescer um novo membro no lugar do que foi perdido, as águas-viva da espécie Aurelia aurita rearranjam todo o corpo para que ele volte a ficar simétrico.

 

Injured moon jellyfish 'heal' themselves by swimming

Na prática, isso significa que o animal consegue deixar os seus lados iguais de novo. Assim, se você cortá-la ao meio e deixar quatro braços juntos, ela vai ficar em forma de X no final.

Os cientistas descobriram que esse tipo de água-viva volta a ter simetria conforme nada pelo oceano, uma vez que os músculos vão ajeitando as partes que sobraram. Isso é de extrema importância para o animal, que não conseguiria sobreviver se tivesse que andar pelos mares com os tentáculos de um lado só do corpo.

Fonte: Science Magazine

Deixe seu comentário