Formigas usam ácido como defesa contra fungos

As formigas de jardim, como as cortadeiras e saúvas, são do gênero Atta e vivem em colônias gigantes, com mais de um milhão de membros! Além de serem numerosas, elas mantém uma relação complexa com algumas espécies de fungos, que podem ser mocinhos, ao ajudar a cultivar a sua comida (sim! as formigas não comem as folhas direto!) ou vilões, ao atacarem como parasitas perigosos.

Um grupo de cientistas investigou melhor esses insetos e descobriu que as formigas mantém os fungos perigosos bem longe porque usam ácido para matá-los.

Formiga de jardim. Fonte: Flickr
Parece que essa formiga cortou a folha em formato de metade de coração, não é?

Sempre que elas veem o fungo do gênero Escovopsis, elas secretam ácido fenilacético de glândulas especiais, que ficam no tórax. Essa substância é derivada de outro ácido, o acético, que pode ser encontrado no vinagre.

Como as formigas usam o ácido somente em situações de emergência, quando há uma infecção feia no formigueiro, quase não existem fungos resistentes ao tratamento.  Esse cuidado todo foi a chave para que elas pudessem usá-lo por milhões de anos como defesa e não selecionassem logo os fungos mais fortes.

Fonte: Science Magazine

Deixe seu comentário