O futuro já começou?

Apesar de algumas lojas já estarem anunciando a chegada do natal, ainda estamos em agosto e a vinheta de fim de ano da Globo ainda não está ecoando pelas televisões do país. Só que uma das afirmações da música que embala os artistas globais (composta por Marcos Valle) já poderia ser entoada por qualquer um de nós, em qualquer mês do ano: o futuro já começou!

O engraçado é que esta frase só faz algum sentido graças à nossa percepção desses conceitos ligados ao tempo. Como as últimas gerações convivem em um cenário de rápidas transformações tecnológicas (alguns chamam até de “segunda revolução industrial”), a ideia que o senso comum estabeleceu sobre o “futuro” contempla engenhocas eletrônicas e outras tecnologias muito parecidas com as que já podemos observar na realidade atual.

Essa mesma questão da nossa percepção do tempo é responsável por uma distorção muito comum: pessoas que acham que tudo era melhor antigamente. O saudosismo exagerado do passado é conhecido como “nostalgia”, e, claro, não tem nenhum fundamento científico…


(Tirinha do Sushi de Kriptonita)

A ironia dessa história é que um canal brasileiro chamado justamente “Nostalgia”, que se dedica a homenagear e comentar curiosidades de ícones saudosos de um passado recente, publicou recentemente um vídeo contendo 14 inovações tecnológicas que comprovam que já estamos no “futuro”.

Algumas delas, inclusive, você talvez já tenha visto aqui no blog do Manual do Mundo, mas vale à pena dar uma olhada na lista:

Quer saber mais sobre tecnologias futuristas que já estão entrando nas nossas vidas? Veja também:

Deixe seu comentário