Microscópio caseiro com laser (experiência de física e biologia)

Um poderoso microscópio, que aumenta até 1.000 vezes, pode ser feito apenas com uma caneta laser e uma seringa. A única coisa a ser feita é apontar o feixe de luz para a gota e ver a imagem gigante da gota se projetando sobre uma parede.

Para fazer esta experiência, eu coletei água nas margens do Rio Ipiranga, em São Paulo, no lugar exato onde D. Pedro I proclamou a independência do Brasil. Hoje, nesse lugar fica o Parque da Independência, ao lado do Museu do Ipiranga, em São Paulo.

Nessa amostra de água – malcheirosa e poluída – foi possível ver vários microorganismos se movimentando.

O princípio físico desse microscópio é simples: a gota d’água funciona como uma lente esférica. Ela recebe a luz do laser e, como em uma lente biconvexa, faz os raios convergirem e depois se dissiparem, projetando uma imagem na parede. Como os microorganismos da água estão na passagem dessa luz, acabam sendo reproduzidos em tamanho gigante.

Veja, neste link, um artigo científico em inglês que explica com detalhes o trajeto da luz dentro da gota d’água.

Deixe seu comentário